Pin It

Salvador Dalí. O que você acha? Louco ou Surreal?

Salvador Dalí.

“Só há uma diferença entre um louco e eu. O louco pensa que é sadio. Eu sei que sou louco”.

Se faz jus do seu pensamento, a pura consciência de reconhecer-se diante de embaralhados traços e gotas de tintas, Salvador Dalí, esse ícone mundial artístico, sabe muito bem fazer isso. E não se engane! Por trás das suas “loucuras” há uma ração de se enxergar um novo mundo.

Salvador Dalí

Salvador Dalí.

Salvador Dalí era do tipo insensato, num comportamento extravagante e com uma criatividade apreciável da famosa e revolucionária Arte Moderna. O surrealismo para ele não tinha céu, ou seja, foi um dos maiores pintores que mais se destacou, quando se tratava desse “mundo”. E até hoje, não é diferente. O seu jeito extravagante sobre o assunto, ficou marcado na história, que é contada atualmente com muito prestígio. É mais fácil publicar um livro falando sobre ele (risos). Mas vou resumir bastante. Então vamos lá.

Seu nome, Salvador Domingo Felipe Jacinto Dalí y Domènech, nasceu no dia 11 de maio de 1904, na cidade espanhola de Figueres (Catalunha). Começou cedo as suas pinturas (10 anos) e já um pouco mais tarde, três anos depois, começou a estuda arte na Escola de Desenho Federal, onde se destacou com suas incríveis combinações de imagens bizarras, oníricas, com excelente qualidade plástica.

Aos seus 18 anos, entrou na Escola de Pintura e Escultura da Academia de São Fernando, em Madri. Mas por uma séria confusão da sua autoria, foi expulso por recusar-se a realizar o exame oral sobre o pintor Rafael, alegando ter mais conhecimento sobre o pintor do que seus próprios examinadores. E nessa fase da sua insana vida, Salvador Dalí conviveu com vários artistas e intelectuais como Luís Bruñuel e Federico Garcia Lorca. Bem! Em relação a Federico, logo você irá entender a bela amizade. Mas… vamos continuar.

Dalí, não foi apenas um pintor “lunático”. Ele foi desenhista, fotógrafo e escultor. Ele colaborou com a Walt Disney no curta de animação Destino, que foi Lançado postumamente em 2003 e, junto com Alfred Hitchcock, no filme Spellbound.

Foi autor de poemas dentro da mesma linha surrealista. Seu trabalho mais conhecido, A Persistência da Memória, foi concluído em 1931. Mas não tenha dúvidas que ele trazia na sua bagagem, esplêndidas e surreais obras. Vamos ver um pouco:



E esquadrinhando sobre a sua bagagem, devo conta uma passagem que fiquei embevecido, pelo fato de admirar essas feras. Entenda.
Em 1924 ainda desconhecido, Salvador Dalí ilustrava pela primeira vez um livro, o poema grego “Les bruixes de Llers” (“As bruxas de Llers”) de seu amigo, o poeta e jornalista catalão Carles Fages de Climent.

A Persistência da Memória. Salvador Dalí.

Dalí explorou intensamente o Simbolismo em seu trabalho. Por exemplo, a marca dos relógios fundidos que aparecem inicialmente em A persistência da memória, sugerem teoria de Einstein de que o tempo é relativo e não fixo. A ideia de relógios simbolicamente funcionando desta forma, foi criada quando Dalí viu um pedaço de queijo Camembert derretendo em um dia quente de agosto.

E no mesmo ano fez, a sua primeira viagem a Paris, onde se encontrou com nada, nada, Pablo Picasso, que era admirado pelo jovem Dalí.

Picasso já tinha ouvido falar bem de Dalí através de Juan Miró. A partir daquela nova amizade, Dali realizou diversos trabalhos fortemente influenciados por Picasso e Miró, enquanto ia desenvolvendo o seu estilo próprio. Algumas tendências no trabalho de Dalí que iriam permanecer ao longo de toda a sua carreira já eram evidentes na década de 1920, principalmente por RaphaelBronzinoFrancisco de ZurbaránVermeer, e Velázquez.

Os seus trabalhos expostos em Barcelona despertaram grande atenção e uma mistura de elogios e debates causados por parte dos críticos. Nesta época, Dalí deixou crescer o bigode, que se tornou emblemático nele, estilo baseado no pintor do século XVII espanhol Diego Velázquez. Pois se você não sabia o porquê do seu bigode, essa foi a razão. (Risos)


O grande Masturbador. Salvador Dalí.

O sono. Salvador Dalí.


Salvador Dalí pintou cerca de 1 640 quadros utilizando principalmente a técnica óleo sobre tela . E além de “A Persistência da Memóriade 1931, outras obras mereceram os seus devidos destaque como: O Grande Masturbador  de 1929, Pão-antropomorfo catalão de 1932, Premonição da Guerra Civil de 1936, O Sono, Metamorfose de Narciso e Girafa em Chamas de 1937, Criança geopolítica observando o nascimento do homem novo de 1943, Cristo de São João da Cruz de 1951, Toureiro Alucinógeno de 1969 e muitas e muitas obras. Pois parte delas, estão expostas na Fundação Gala-Salvador Dali em Figueras, no Teatro-Museu Dalí, que é conhecido por apresentar o maior número de objetos surrealistas do mundo.
Além disso, há vários livros falando das suas obras e da sua vida. Até a secreta. Veja o livro, após ler o post.

Resultado de imagem para obras Salvador Dalí

Com a perda da sua fiel e única esposa (Gala), Dalí passou por momentos tristes, perdendo a vontade viver. Pois a depressão tomou conta de si, trazendo graves consequência como Mal de Parkinson,  aos seus 76 anos. Dentre vários desastres e tentativas de suicídio, Salvador Dalí em 1989, morreu de insuficiência cardíaca, no mesmo lugar onde nasceu. Aos 84 anos, sepultado na cripta do seu Teatro-Museu Dalí, em Figueres. E assim se rematava a era Dalí.

Ele foi um pintor catalão tão versado, que por onde atuava, sempre deixava sua marca extravagante e irreverente. Seja na própria pintura, na escultura, no teatro ou no cinema. E para entendermos o que Salvador Dalí expressava através do que pintava, temos que entrar no seu mundo surreal. Pois no fundo, no fundo mesmo, ele só mostrava, que você pode ser simplesmente autêntico. E que se dane o mundo. Assim era esse monstro do surrealismo.

Bem. Essa é uma pontinha do iceberg sobre Salvador Dalí. Eu espero que você tenha gostado. Queria falar muito mais sobre ele. Mas paro por aqui, com esse resumo. Então curta o post, compartilhe, comente trazendo mais sobre essa fera. Seu comentário é sempre importante para o blog e todos que passarem por aqui. Valeu!?

Um grande abraço. Sempre!

Gostou!? Então recomendo esses. Veja:

The following two tabs change content below.
Oriundo de Salvador-Ba. Amante da arte, tecnologia e design. Autor do Blog 3Dmalz.com e do canal 3dmalz no Youtube, onde compartilha e aprende muito com os visitantes, amigos e seguidores. "Nada é impossível desde quando você tente mudar e persevere". Essa é a sua humilde frase que usa de inspiração para atingir seus objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mude o Idioma »