Pin It

Mike Dargas – Um estilo próprio para o realismo. Você já viu isso?

Mike Dargas.

Dedicação, prática e idealização, são alguns dos métodos básicos para chegar a um resultado desejado. E isso, nem todos conseguem adquirir com facilidade.

Assim dizem algumas pessoas “diferenciadas”. O que me leva a concordar, como também contradizer, que tudo é adquirido com dificuldade. Você tem que buscar. Fazer acontecer. Isso é o importante.

Aqui no blog já falamos um pouco sobre o dom. Que na verdade existe, mas tem que ser “doutrinado”. É o mesmo que achar uma pedra valiosa e lapidar para que ela se destaque. Resumo assim.

Resultado de imagem para mike dargas

     Mike Dargas

No nosso post de hoje, você vai ver como isso funciona naturalmente.

Nascido em Cologne (ALE – 1983), Mike Dargas é um dos artistas que passou por um processo de adaptação impecável. Pois destacou-se tão cedo quanto a sua infância, pela talentosa aptidão para o desenho.

Só para você ter uma ideia, já aos onze anos, influenciado pela sua mãe que estudava muito as obras de Caravaggio, Hans Ruedi Giger e Salvador Dali, atraiu o maior interesse do público, quando pintou a “Praça da Catedral” em Cologne, com adaptação de obras-primas em pastel e giz. Além da pintura, Mike Dargas, expõe muitas e variadas técnicas de sua autoria, através de um estudo independente e uma classe de adultos numa escola patrocinada pelas artes, onde então ele começou a desenvolver-se em arte tridimensional.

Como vinte e poucos anos, durante o seu treino como carpinteiro, ele criou esculturas de madeira e metal. Porém a sua paixão pela pintura, fez com que ele focasse intensivamente. Principalmente com a prática do seu trabalho, como um bom tatuador. Pois com sua técnica refinada no estilo dos seus antigos mestres, Mike Dargas, foi merecedor de inúmeros prêmio e distinções como base nas tatuagens e a sua atenção (carismático). O que de imediato chamou a atenção do público e além do mais, principalmente, das redes sociais.

Usando as redes sociais, Mike Dargas compartilhava ansiosamente o seu entusiasmo para aperfeiçoar a técnica de pintura e arte elevada no estilo “trompe l’oeil”. Uma técnica de Ilusão visual na arte, especialmente usado para enganar o olho ao perceber um detalhe pintado, como um objeto tridimensional. Acho que posso dizer fotorrealismo… é por aí! (Risos).
Vamos ver:  (Ative a legenda para o idioma desejado. Obrigado!).



Devido à sua carga de trabalho constante, Mike Dargas continua desenvolvendo a perspectiva independente sobre o presente. Mas seus quadros, lidar com a própria pintura. Isso eu digo, através do formato de grandes dimensões da representação, a expressão facial, que é o amor especialmente intensificado e o efeito do olhar que é reforçado.

As obras de Mike Dargas são conhecidas em diversos países, como Estados Unidos, Turquia, Reinos Unidos, Alemanha, Áustria, Espanha, Bélgica, entre outros.
Veja alguns dos seus trabalhos:   (Para visualizar melhor, clique nas imagens para ampliar)



Para ver mais imagens, clique aqui.


Buscando uma visão ampla, suas recentes pinturas, impressionam com a sua representação de grandes dimensões e hiper-realista de pessoas. Ele joga com o efeito sobre o observador desde o início. É como uma fotografia em altíssima definição, que pode ser vista a qualquer distância, devido à dimensão apresentada.
Pois o nível de detalhes, a sua técnica magistral com as sombra, luzes e cores, são extremamente impecáveis. O que leva a Mike Dargas, evoluir cada vez mais, para um futuro próximo, o seu conhecimento respeitado por muitos artistas renomados. Diga-se de passagem.

Então! Lembra lá no início o que eu disse. Dom é dom, e ele de fato existe. Mas tem muitos métodos para quem tem ou não, alcançarem o desejado. Cabe você tentar fazer a diferença. Fica assim o recado.

Espero que você tenha gostado do post. Curta, compartilhe, comente… sua opinião aqui é importante para todos. Valeu!?

Um grande abraço. Sempre!

Gostou!? Então recomendo esses. Veja:

  • Obrigado Marlene Machado, por curtir o post. Um grande abraço. Sempre!

  • Belo.

    • Muito obrigado Dai Maciel, por ter curtido. Um grande abraço. Sempre!

  • Não há de quê amigão !!!!

  • Obrigado Julio Cesar Alves da Silva. Um grande abraço!

  • Muito obrigado, Julio Cesar Alves da Silva. Abraç@o!

  • Muito obrigado a Julio Cesar Alves da Silva e Mauricio Swami Divyam Anuragi Duarte, por curtirem o post. Um forte abraço. Sempre!

  • Muito obrigado Edna Toffoli. Abraç@o!

  • Muito obrigado a Edna Toffoli e Glória Souza, por curtirem o post. Um forte abraço. Sempre!

  • Muito obrigado a Luiz Fabricio Becker e Nicea Cremasco, por curtirem o post. Abração. Sempre!

Mude o Idioma »
%d blogueiros gostam disto: