Pin It

Madeira entalhada nas mãos de quem sabe.

Madeira Entalhada.

Aprender a entalhar uma madeira e mostrar para as pessoas o valor de uma obra de arte, através da mesma, sinceramente é para poucos. E bem pouco mesmo! Mas não duvido da sua capacidade. O importante é vencer obstáculos, que não são poucos. Porém, sem luta não haverá vitória.

A procura por informações sobre essa técnica não foi fácil, apesar de que, encontrei profissionais (artísticos), que dominam ou sabem a fundo. Pois isso não é uma agressão a essa linda cultura. E entendo todos aqueles que me informaram resumidamente. Pois eles têm pressa e é disso que eles vivem. E jovem… falando sério!? O trabalho é tenso. Tem que ter força, paciência, cautela e sentimento pelo o que faz. Então, desde já, parabéns a todos.

Como já sabemos aqui no blog em “um corpo num pedaço de cera”, a escultura está presente em vários lugares, por onde andamos nas grandes cidades. E na sua maioria, são em mármore, bronze, moldadas em concreto. Porém em madeira… existe lugares que tem. Mas são poucos. Ressalto que falo de exposições externas. É claro.

Resultado de imagem para Origem das esculturas em madeiras

Escultura abstrata “O Beijo” em madeira para decoração, artesanato feito por artistas da Ilha de Bali, na Indonésia.

A escultura, essa arte que representa ou ilustra imagens plásticas, independente da sua forma ou escala, abrange vários setores típicos e culturais, levando-se em conta do início da humanidade até os dias de hoje.

Entendendo essa linha de pensamento, podemos trazer em questão, que a madeira, um artefato lenhoso das árvores, constituída de fibras e vasos condutores da seiva bruta, muito utilizada por carpinteiros, marceneiros, comumente visto, compõe-se na formação natural e oriunda das árvores. Afinal, a natureza é de longe a primeira a esculpi-la. Diga-se de passagem. E é aí que entra o escultor de madeira.

Em base disso, ele deposita todo o seu conhecimento técnico e sentimento, levando para o seu público o valor de uma arte considerada milenar. E digo mais! É digna de aplausos.

Entalhar Madeira

O entalhe, a arte de cortar, entalhar ou esculpir a madeira, leva o escultor a fazer um trabalho artesanal com o objetivo de dar vida uma determinada imagem ou desenho. Isso de uma forma refinada ou espessa, em alto relevo. Contudo, pode representar para quem aprecia, uma forma clássica, histórica, artística ou algo imaginário. Digamos assim.
Formões, goivas, ferra canto, entre outras, são ferramentas utilizada nesse belo trabalho.  Mas existe um certo conhecimento para tal. Saber sobre o artefato. Assim saberemos qual devemos utilizar.
Existe madeiras fáceis de trabalhar como o cedro, jaqueira, eucalipto… pois são macias. Porém o parajú, anjelim pedra, macanaúba, cerejeira, mogno… são madeiras duras. O trabalho deve ficar tenso com elas. Veja:


Uma obra que me deixou de queixo caído, foi o trabalho realístico do italiano Bruno Walpoth. Veja:

O escultor de madeira, Bruno Walpoth


– Mas Marcos! Porque que você focou mais para o modo tradicional? Hoje em dia, já fazem esculturas em madeiras com equipamentos elétricos, como o motosserra, por exemplo.
– Pois é! Como disse. São poucos tradicionais, existentes e famosos, falados no mundo. Esses não devem ser esquecidos. Por isso que trago em específico. O que também deixo de lado, ótimos trabalhos como esse, por exemplo:



Aqui deixo um link muito bom para apreciar essa obra esplêndida:  http://www.elo7.com.br/lista/escultura-em-madeira

Então jovem! Espero que você tenha gostado do post. Curta, compartilhe e comente. Traga seu conhecimento e enriqueça o assunto. Isso é importante. Valeu!?

Um forte abraço. Sempre!

Gostou!? Então recomendo esses. Veja:

  • Muito obrigado Lilian Reinhardt, por gostar do post. O blog 3Dmalz agradece. Um grande abraço. Sempre!

  • Obrigado a Fernando Calhau, Edna Toffoli e Ida De Vincenzo, por terem curtido o post. Um grande abraço. Sempre!

  • Obrigado Patrcia Patricia Amato, por curtir o post. Um grande abraço!

  • Obrigado Joao Dias e Jose Luis Luis, por terem curtido o post. Um grande abraço!

  • Obrigado Fuzi Daki, por ter curtido o post. Abração!

  • Um forte abraço à você também, e obrigado por nos brindar com esta arte maravilhosa.

  • Obrigado Thaïs Vidreira, por ter curtido o post. Abração!

  • Obrigado Anna Donagemma, por ter curtido o post. Um grande abraço.

  • Muito Obrigado Nicea Cremasco. Abração!

  • Obrigado Marlene Capelari e Sandra Gandor, por curtirem o post. Um grande abraço. Sempre!

  • Obrigado a Franscisco Neto, Bob Mucci e Marlene Aurichio, por terem curtido o post. Um grande abraço a todos!

  • Muito obrigado Ana Alvarez, por ter curtido o post. Abração!

  • Thank you Ghassan C Jaber, by having the post-tanned. A big hug. Forever!

  • Obrigado a Flamarion Trevisan e Nilva Rossi. Muito obrigado por curtir o post. Abração!

  • Muito obrigado a Carla Natalie Bighetti Buckup, Elson Augusto, Antônio Carlos Doorgal de Andrada e Nati Sáez Quinónez, por terem curtido o post. Um forte abraço a todos. Sempre!

  • Obrigado, Manoel Silvino Pereira Neto, por ter curtido o post. Abração!

  • E os resultados são lindos!

  • Obrigado Nilva Rossi! Abração!

  • Muito obrigado Julio Cesar Alves da Silva e Olga Lopes. Abração!

  • Muito o brigado a Nicea Cremasco, Donizeti Bicudo, Bob Mucci e Jorge JL, por terem curtido o post. Um grande abraço a todos. sempre!

    • Obrigado amigo, vc merce, uma boa tarde abraço

  • Abraço Marcos

  • Obrigado a Julio Cesar Alves da Silva, Sandiá Antoinete e Vália Valentina, por terem curtido o post. A Laura Teixeira de Oliveira, Vália Valentina e Tatinha Reis Reis também por ter compartilhado o post. Um grande abraço. – Thank you Ari Hyvönen, by having the post-tanned. A big hug!

  • Muito obrigado Naida Philippi, por ter curtido o post. Um grande abraço. sempre!

  • Muito obrigado Spiga Pereira e Lyla Melo. Um grande abraço. Sempre!

  • Muito obrigado a Hélida Lima Costa, Nicea Cremasco e Johnny Assys. Um grande abraço. Sempre!

Mude o Idioma »
%d blogueiros gostam disto: